A Incerteza do movimento de uma bola Oval "¿Qué clase de mundo es éste que puede mandar máquinas a Marte y no hace nada para detener el asesinato de un ser humano?" José Saramago
Terça-feira, 31 de Agosto de 2010
Outros Cadernos de Saramago - «Feras contra feras»

Copiado e Colado daqui...

 

Feras contra feras

Por Fundação José Saramago

Falo de uma mudança que levasse as pessoas a pensar que isto não é bastante para viver como ser humano. Não pode ser. Se nós nos convertemos em pessoas que só se interessam pelos seus próprios interesses, vamos converter-nos em feras contra feras. E aliás é isto o que está a acontecer.

“A literatura não muda o mundo”, O Globo, Rio de Janeiro, 14 de Agosto de 1999



publicado por blogoval às 21:33
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Agosto de 2010
Outros Cadernos de Saramago «Apenas uma minoria»

Copiado e Colado daqui...

 

Apenas uma minoria

Por Fundação José Saramago

Deveríamos pensar que cada conquista do progresso não pode ir contra as vidas humanas. Não há muitos anos falava-se do progresso científico e moral. Dizia-se que havia que desenvolver um sem deixar o outro para trás. Não sei muito bem o que se entende por progresso moral. Mas se lhe chamássemos respeito humano, talvez pudéssemos resolver o problema que o progresso científico nos coloca. O progresso beneficia apenas uma minoria.

“Escritores ante el III milenio (I)”. José Saramago: ‘El progreso beneficiará sólo a una minoría”, El Mundo, Madrid, 3 de Janeiro de 2000



publicado por blogoval às 21:50
link do post | comentar | favorito
|

Benfica e a saga de verão chamada Roberto

 

 

Cartoon digitalizado do Jornal ABola


tags:

publicado por blogoval às 21:43
link do post | comentar | favorito
|

José Saramago - «Que Farei com Este Livro?»
Autografo recebido na Feira do Livro de 1998


publicado por blogoval às 21:28
link do post | comentar | favorito
|

«José & Pilar» de Miguel Gonçalves Mendes


publicado por blogoval às 15:49
link do post | comentar | favorito
|

Procura-se PINHEIRO com 1,90 metros de altura...

 

Colado e Copiado daqui...

Via Abola  «... mas falta um «pinheiro» com 1,90 metros, que lhe possamos acertar com a bola na cabeça e ela vá para dentro da baliza.»

 

 

Palavras ditas por Paulo Sérgio, treinador do Sporting... nada melhor que esta figura para expressar publicamente a todos os empresários do futebol, o que faz falta lá para os lados do Campo Grande.

O que se estranha, é que para os lados de Alcochete haver tanta árvore e ser necessário recorrer ao mercado para ter uma árvore, que dure até ao natal, e que ainda por cima possamos acertar nela com uma bola....

Isto há com cada exigência....


tags:

publicado por blogoval às 15:37
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 29 de Agosto de 2010
Inter Milão... quando a ingratidão acontece...

 

 

Palavras para quê?

Será preciso agradecer a José Mourinho?

Ou é a «voz do dono» que amordaça os seus «lacaios»?

As respostas são dadas dentro e fora de campo. Também o Chelsea pretendeu fazer a gracinha de relativizar os dados estatisticos da campanha Mourinho, o que é certo, é que a história dos tempos não se apaga... embora se possa apresentar no futuro de outra forma...

 

 

Via Record: «Esta equipa jogou sempre em contra-ataque na época passada, e fez isso muito bem. Neste momento estamos longe da defesa alta e da posse de bola, pelo que precisamos de tempo para mudar mentalidades. Só não sei ainda quanto.»

«O jornal sugere que os jogadores foram “aconselhados” a esquecer o nome de Mourinho, para evitar constrangimentos com o atual treinador do clube transalpino, Rafael Benítez.»

 



publicado por blogoval às 11:31
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 28 de Agosto de 2010
Roberto segurou as asas da «Águia» Vitória

E depois de queimado na fogueira encarnada, eis que Roberto, renasce das cinzas e tem um momento de glória.

 

Via Abola «À passagem do minuto 22, aconteceu o momento decisivo do encontro. Júlio César foi expulso, por falta sobre Zeca na área encarnada. O brasileiro deixou-se antecipar pelo adversário devido a passe arriscado de Maxi Pereira.
Roberto entrou em campo. Os adeptos deram-lhe confiança com um forte aplauso e o espanhol acabou por defender o penalty que devolveria a igualdade ao marcador. Foi um impulsionador para a turma da Luz que, mesmo com menos um elemento, procurou alargar a vantagem.

 

Benfica 3 - Vitória de Setúbal 0

Mais Benfica desde o primeito toque de bola.

Defesa segura e credível.

Julio César com pose de guarda-redes para a época.

Sálvio com boa estreia, embora substituido para dar lugar a Roberto

Meio campo presionante.

Pablo Aimar excelente.

Mais Tacuara Cardoso.

 



publicado por blogoval às 23:41
link do post | comentar | favorito
|

SLBenfica - A História de um Povo

tags:

publicado por blogoval às 18:23
link do post | comentar | favorito
|

Carlos Cruz... isto sim é uma bomba...

 

"existem nomes no processo que não são do PS e que nunca foram investigados"

"a prisão de Carlos Silvino (Bibi) desencadeou todo o processo e "assustou muita gente", nomeadamente "pessoas proeminentes da sociedade portuguesa, em vários quadrantes seriam, serão, terão sido clientes, abusadores de alunos da Casa Pia".

"Há outros nomes referidos no processo, que não são do PS, que nunca foram ouvidos ou investigados. Isso vai aparecer muito em breve no meu site, esses nomes vão aparecer".

"Há denúncias feitas pela Drª Teresa Costa Macedo, de nomes que estão aí, que são pessoas importantes na nossa sociedade. Nunca foram ouvidas, nunca foram investigadas".

 

"últimos sete anos não quis influenciar a opinião pública. "A partir do momento em que a cheguei à conclusão que a decisão do tribunal está tomada pensei: Posso aparecer publicamente".

 

Site Carlos Cruz «Provas da Verdade»



publicado por blogoval às 10:32
link do post | comentar | favorito
|

Simão Sabrosa e o estado da selecção nacional

Copiado e Colado daqui...

 

«Exmo. Senhor Presidente,
Dr. Gilberto Madaíl,

Venho, pelo presente, e formalmente, comunicar junto de V.Exa. que, a partir desta data, e em virtude de motivos de ordem pessoal, não poderei estar disponível para representar oficialmente, e como jogador profissional, a Selecção Nacional de Futebol.»

 

 

 

 

Atacante. 30 anos. O jogador mais internacional no activo, renuncia à selecção nacional por motivos de ordem pessoal-

Que motivos pessoais podem levar um jogador internacional a desisitir de jogar pelo seu país?

As viagens, o ritmo competitivo, o protagonismo, o peso pessoal na equipa, a forma fisica... não existem motivos pessoais. Existem sim, motivos profissionais. O caso da braçadeira de capitão entregue a Ronaldo, de forma mal gerida e transpirada para público, os actos e a forma como Carlos Queiroz resolve as incidências, o burburinho à volta da selecção no campeonato do mundo. Isto sim são motivos.



publicado por blogoval às 10:25
link do post | comentar | favorito
|

Outros Cadernos de Saramago - «Uma hipótese de humanidade»

Copiado e Colado daqui...

 

Uma hipótese de humanidade

Por Fundação José Saramago

Talvez a história do homem seja um enorme movimento que nos leve à humanização. Talvez não sejamos mais que uma hipótese de humanidade e talvez se possa chegar a um dia, e esta é a utopia máxima, em que o ser humano respeite o ser humano. Para chegar a isso se escreveu o Ensaio sobre a Cegueira, para perguntar a mim mesmo e aos leitores se podemos continuar a viver como estamos vivendo e se não há uma forma mais humana de viver que não seja a da crueldade, da tortura e da humilhação, que são o pão desgraçado de cada dia.

“Escribí para saber si hay una forma más humana de vivir que no sea la crueldad”, La Voz de Lanzarote, Lanzarote, 25 de Junho de 1996



publicado por blogoval às 09:58
link do post | comentar | favorito
|

Declaração Universal dos Direitos Humanos


publicado por blogoval às 09:56
link do post | comentar | favorito
|

«As Palavras de Saramago» de Fernando Goméz Aguilera

Copiado e Colado daqui...

 

 

 

Único escritor de língua portuguesa a ganhar o prêmio Nobel, José Saramago (1922-2010) é um exemplo perfeito do intelectual engajado preconizado pelo autor de As palavras, Jean-Paul Sartre. Com efeito, a intervenção na esfera pública, o comprometimento com uma visão crítica do mundo, a defesa de ideias muitas vezes polêmicas, a indignação diante das injustiças e desigualdades econômicas e sociais são características marcantes de alguém que jamais separou o escritor do cidadão e sempre disse com todas as palavras o que pensava. Este livro, editado por Fernando Gómez Aguillera, biógrafo espanhol de Saramago, traz uma ampla seleção de declarações do escritor extraídas de jornais, revistas e livros de entrevistas, publicados em Portugal, no Brasil, na Espanha e em diversos outros países, da segunda metade da década de 1970 até março de 2009.

Os textos estão organizados cronologicamente no interior de núcleos temáticos que abrangem as questões mais recorrentes nas manifestações do escritor. A primeira parte, centrada na pessoa José de Sousa Saramago, reúne comentários sobre sua infância, a formação autodidata, a trajetória pessoal, os lugares onde morou, bem como reflexões sobre si mesmo - o pessimismo, a indignação, a coerência, a primazia da ética - que traçam o perfil de um escritor sempre disposto a praticar a introspecção e a compartilhar seu pensamento com a opinião pública. A segunda parte, em que vem para o primeiro plano a figura do escritor, traz reflexões sobre o ofício literário que mostram sua plena consciência dos procedimentos romanescos, concepções pouco ortodoxas para um comunista sobre as relações entre literatura e política - “não vou utilizar a literatura para fazer política” - e o papel do escritor na sociedade: “se o escritor tem algum papel, é intranquilizar”. Na terceira parte, quem fala é o cidadão José de Sousa Saramago, o crítico, entre outras coisas, da globalização econômica, do “concubinato” dos meios de comunicação com o poder, do consumismo, do comunismo soviético, da paralisia da esquerda incapaz de inovar, do conservadorismo da Igreja católica, da postura de Israel em relação aos palestinos e do irracionalismo generalizado do mundo capitalista. Sua voz clama pela democracia social plena - não apenas formal e eleitoral -, pelo respeito integral aos direitos humanos e pelo sagrado direito de espernear: “Ao poder, a primeira coisa que se diz é não”.

As palavras de Saramago compõe o retrato falado de um escritor que exerceu seu ofício com o profissionalismo de um operário, a pertinácia de um militante político, a consciência de um cidadão e a visão ampla de um verdadeiro intelectual.



publicado por blogoval às 09:48
link do post | comentar | favorito
|

A história dos Irmãos Dalton atravessa os tempos...

 

 

 

Via HenriCartoon

 

 

 


tags:

publicado por blogoval às 09:44
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


posts recentes

Redireccione para o blog ...

Verão Quente de 2013

... do «paradigma» de uma...

Euromilhões e as probabil...

José Saramago - «in memor...

Pedro Abrunhosa - 'Toma C...

Martin Luther King's - Ma...

PS e PCP com maioria abso...

Vitor Gaspar o falso mete...

Pablo Aimar, a quem chama...

Porutgal e o LIXO na noss...

José e Pilar - o filme - ...

José Saramago - Entrevist...

Portugueses e a libertaçã...

Grupo Controlinveste vend...

arquivos

Janeiro 2015

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

josé saramago(93)

outros cadernos de saramago(81)

benfica(61)

mundial de futebol(22)

carlos queiroz(9)

cavaco silva(9)

josé sócrates(9)

manuel joão vieira(9)

selecção nacional(9)

liga2010/11(8)

estrela da amadora(7)

futebol(7)

jorge jesus(7)

josé mourinho(7)

tsf(7)

500 metal(6)

carlos cruz(6)

casa pia(6)

champions league(6)

heavy metal(6)

saramago(5)

25abril(4)

antónio feio(4)

crise(4)

henricartoon(4)

manowar(4)

pedro passos coelho(4)

portugal(4)

sporting(4)

balas e bolinhos(3)

carl sagan(3)

casamento gay(3)

cosmos(3)

inter de milão(3)

luis freitas lobo(3)

papa(3)

pedro abrunhosa(3)

politica(3)

psd(3)

roberto(3)

socrates(3)

agostinho da silva(2)

apito dourado(2)

arrábida(2)

atletismo(2)

baltasar garzón(2)

campeões(2)

cuba(2)

educação(2)

elefante(2)

emperor(2)

enapá2000(2)

festa do avante(2)

fpf(2)

frança(2)

governo(2)

iraque(2)

iron maiden(2)

israel(2)

metallica(2)

passos coelho(2)

playboy(2)

portagens(2)

porto(2)

ps(2)

pt(2)

real madrid(2)

ricardo rodrigues(2)

sócrates(2)

tgv(2)

troika(2)

zeca afonso(2)

1.º maio(1)

100 anos(1)

11/9(1)

2010(1)

86 anos(1)

abril(1)

acidentes(1)

aeroportos(1)

agências de rating(1)

aimar(1)

alentejo(1)

álvaro cunhal(1)

ambiente(1)

aminatou haidar(1)

animação(1)

ano morte ricardo reis(1)

antena1(1)

avante(1)

barack obama(1)

bento xvi(1)

bertolt brecht(1)

bes(1)

biblioteca nacional(1)

blind guardian(1)

blog(1)

bnp(1)

bp(1)

braga(1)

todas as tags

links
«Viagem a Portugal» - José Saramago

Ver Viagem a Portugal - José Saramago num mapa maior
Counter
blogs SAPO
subscrever feeds