A Incerteza do movimento de uma bola Oval "¿Qué clase de mundo es éste que puede mandar máquinas a Marte y no hace nada para detener el asesinato de un ser humano?" José Saramago
Quinta-feira, 30 de Maio de 2013
Benfica e considerações ou tópicos que correm...

No momento em que Luis Filipe Vieira desapareceu do mapa, e Jorge Jesus fechado em casa (ao que consta) mandou dizer que aceita o certo - 2 anos de contracto... eis que o Benfica retrata com detalhe e requintes gloriosos a nomeação papal; o povo apoiante e não apoiante vive na expectativa.

Que melhor causa, para fazer vender mais uns milhares de jornais da Bola e Record por dia.

Mas enquanto estes dois ilustres senhores discutem o sexo dos anjos à apanhada... comenta-se...

 

Estrutura

Nas derrotas vem sempre à baila, de que tipo, forma e estrutura anda o futebol interno do Glorioso?

Será esta a formula correcta - um presidente - uma voz (ou várias a falarem por esta voz) - um poder totalmente centralizado?

Rui Costa, que poder e que funções. Antes e agora.

Entre o «Vieirismo» do Benfica e o «Pintismo» lá de cima, noto mais semelhanças que diferenças? Será um o aprendiz de feiticeiro do outro?

Será que esta blindagem das estruturas a melhor forma de gerir o futebol?

Há muitos anos que Pinto da Costa não é abertamente discutido e afrontado, de que resulta uma paz duradoura. Luis Filipe Vieira tem o mesmo beneplácito... os que contestam não demonstram credebilidade...até ver...

 

Liderança Intermédia

Deste aspecto resulta o que é emanado por LFVieira. Entre o presidente e os jogadores, quantos mais patamares intermédios existirem menos a voz de comando por ter força e poder. Por outro lado, mais secções de poder, podem controlar diversos aspectos menores mas preponderantes na gestão de uma época.

A estrutura deve ser directa mas eficaz. A fórmula é muito complexa e permite diversas interpretações e opiniões, mas entre Luis Filipe Vieira e Luisão devem existir alguns patamares institucionais, por forma a dar validade à execução dos objectivos.

Vieira tem poder para entrar no relvado e no balneário, mas Luisão não pode bater directamente à porta do gabinete do presidente.

Isto teoricamente reveste-se de uma importância fulcral, tal como é e deve ser realizado no dia a dia.

O mundo do futebol, muitas vezes esquece que o climax acontece na jornada ou no final da época. Mas estes picos teem que ser geridos por «forças» muitas vezes na sombra... o trabalho de treino, fisico e mental, psicológico na gestão de emoções e animos... picos de época, cargas de esforço, relacionamentos directos e indirectos com o exterior... tudo são aspectos dinâmicos e extremamente importantes.

Nestes momentos, e para a estrutura de um clube de futebol considerado pela FIFA o 43.º mais rico estatisticamente nesta temporada, os espaços intermédios na hierarquia devem ser melhor capacitados e entendidos.

Por esta consideração, achei estranho após a derrota no «Dragão» o aparecimento público de um psicólogo brasileiro, cheira a bruxaria... à moda das galinhas pretas atrás da baliza.

 

Disciplina de Balneário - Caso Luizão e Cardozo

Da liderança da estrutura técnica (treinador e restantes elementos de balneário) resulta muito o sucesso da gestão de casos públicos de indisciplina. O movimento violento na Alemanha no início da temporada que o capitão teve contra o árbitro, num momento baixo da época é preocupante por 2 motivos. Pelo acontecimento em si e castigo para o jogador, e também, pela gestão leve do caso, ao qual retirou-se a carga negativa do mesmo.

Em sentido  não oposto, mas num momento da época diametralmente, isso sim oposto, Cardozo esvaziou a frustação e raiva em relvado no momento da perda da Taça de Portugal. Tacuara é substituído e sai do campo naturalmente sem se perceber algum desconforto. Senta-se no banco, e poucos minutos depois cai o céu na cabeça dos jogadores... a equipa foi pela primeira vez humilhada em campo.

A revolta daquele momento, a abordagem contra JJ e o colega de equipa em 2 momentos, aquele dedo em risto acusando o «chefe de campo» com um veemente a «culpa é tua» dá que pensar.

Cardozo sai ou fica? Quer ficar ou sair? Fica e ganha uma nova alma junto da nação benfiquista? Sai e o clube perde um goleador nato? Fica e é excomungado junto do velho fantasma do 3.º anel? Fica com ou sem Jorge Jesus? 

É complexo.

 

Objectivos traçados para a próxima época.

O futebol tem dois aspectos fulcrais. 1.º não há vitórias adquiridas - 2.º venda de ilusões.

A beleza do maior espectáculo do mundo é a incerteza, a incerteza vende sonhos e ilusões.

Boavista e Belenenses já venceram 1 campeonato nacional, diversos clubes de 2.ª linha já conquistaram a Taça de Portugal. Isto por si, leva a fazer acreditar no sonho. Daí para o patamar europeu, Benfica e Porto, continua a gerir na sua massa «genética» a  nova Liga dos Campeões. Sonho, sonho, sonho.

No fim da 4.ª época de JJ, com 1 campeonato ganho, um não jogado (a famosa época do Roberto e do circo na baliza), e 2 entregues/oferecidos ao Porto, é difícil para as «gentes» acreditar no agora é que é. Mataram o sonho. Inflexão e descida à realidade e pragmatismo nos objectivos.

Esta é a forma real do sucesso.

De outra forma, Luis Filipe Vieira entra no rol da feira das bruxarias e vendedor da banha da cobra. Depois de Vale e Azevedo, a continuação da venda de ilusões adormecerá a força do clube.

Era importante, em comunicação ao país e aos sócios assumir, para 2013/2014 a luta pelo campeonato e Taça de Portugal, jogar a fase de grupos da Liga dos Campeões. Só. 

Tornava a verdade fria, certa, directa e unificadora.

Agora repetir, como em 2012/2013 um discurso flutuante, tanto o objectivo era o campeonato, como imediatamente a seguir era tudo... só serviu para esta época....

 

... parte 2... de seguida



publicado por blogoval às 10:17
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


posts recentes

Redireccione para o blog ...

Verão Quente de 2013

... do «paradigma» de uma...

Euromilhões e as probabil...

José Saramago - «in memor...

Pedro Abrunhosa - 'Toma C...

Martin Luther King's - Ma...

PS e PCP com maioria abso...

Vitor Gaspar o falso mete...

Pablo Aimar, a quem chama...

Porutgal e o LIXO na noss...

José e Pilar - o filme - ...

José Saramago - Entrevist...

Portugueses e a libertaçã...

Grupo Controlinveste vend...

arquivos

Janeiro 2015

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

josé saramago(93)

outros cadernos de saramago(81)

benfica(61)

mundial de futebol(22)

carlos queiroz(9)

cavaco silva(9)

josé sócrates(9)

manuel joão vieira(9)

selecção nacional(9)

liga2010/11(8)

estrela da amadora(7)

futebol(7)

jorge jesus(7)

josé mourinho(7)

tsf(7)

500 metal(6)

carlos cruz(6)

casa pia(6)

champions league(6)

heavy metal(6)

saramago(5)

25abril(4)

antónio feio(4)

crise(4)

henricartoon(4)

manowar(4)

pedro passos coelho(4)

portugal(4)

sporting(4)

balas e bolinhos(3)

carl sagan(3)

casamento gay(3)

cosmos(3)

inter de milão(3)

luis freitas lobo(3)

papa(3)

pedro abrunhosa(3)

politica(3)

psd(3)

roberto(3)

socrates(3)

agostinho da silva(2)

apito dourado(2)

arrábida(2)

atletismo(2)

baltasar garzón(2)

campeões(2)

cuba(2)

educação(2)

elefante(2)

emperor(2)

enapá2000(2)

festa do avante(2)

fpf(2)

frança(2)

governo(2)

iraque(2)

iron maiden(2)

israel(2)

metallica(2)

passos coelho(2)

playboy(2)

portagens(2)

porto(2)

ps(2)

pt(2)

real madrid(2)

ricardo rodrigues(2)

sócrates(2)

tgv(2)

troika(2)

zeca afonso(2)

1.º maio(1)

100 anos(1)

11/9(1)

2010(1)

86 anos(1)

abril(1)

acidentes(1)

aeroportos(1)

agências de rating(1)

aimar(1)

alentejo(1)

álvaro cunhal(1)

ambiente(1)

aminatou haidar(1)

animação(1)

ano morte ricardo reis(1)

antena1(1)

avante(1)

barack obama(1)

bento xvi(1)

bertolt brecht(1)

bes(1)

biblioteca nacional(1)

blind guardian(1)

blog(1)

bnp(1)

bp(1)

braga(1)

todas as tags

links
«Viagem a Portugal» - José Saramago

Ver Viagem a Portugal - José Saramago num mapa maior
Counter
blogs SAPO
subscrever feeds