A Incerteza do movimento de uma bola Oval "¿Qué clase de mundo es éste que puede mandar máquinas a Marte y no hace nada para detener el asesinato de un ser humano?" José Saramago

Quinta-feira, 9 de Setembro de 2010
Acordem o Acórdão

 

Via RTP: «Uma fonte ligada ao processo explicou depois à agência de notícias que se tratava de um "problema de formatação dos textos" que compõem o acórdão e revelou que a juíza Ana Peres estava a ter o apoio de um técnico da Direcção Geral da Administração da Justiça.»

 

De dia para dia, não conseguem corrigir o problema informático. Mas pergunta-se... será um conveniente erro informático, tendo em conta, a previsivel colocação on-line do processo no site de Carlos Cruz?

 

 

 

Via HenriCartoon



publicado por blogoval às 19:04
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 7 de Setembro de 2010
«Casa Pia»... esta promessa de Carlos Cruz vai abanar ao retardador a sociedade portuguesa

 

 

Via Jornal I

 

São mais de 200 os nomes que Carlos Cruz vai tornar públicos no seu site, e que constam do processo Casa Pia. Estes nomes foram referidos como alegados abusadores de menores na fase de inquérito do caso de pedofilia e irão ser colocados online no final deste mês, bem como todo o restante processo - que inclui as fases de inquérito, de instrução e de julgamento, confirmou ao i o apresentador. Entre estes nomes constam um antigo Presidente da República, um antigo líder do PS, um antigo líder do PSD, um antigo líder do CDS, dois actuais líderes partidários, outros destacados políticos ligados ao CDS, actores de televisão e teatro, dois ex-futebolistas internacionais pela selecção nacional, entre muitas outras personalidades relevantes da sociedade portuguesa.
Todas estas pessoas foram referenciadas no processo por várias alegadas vítimas que foram interrogadas pelos investigadores da PJ. Carlos Cruz vai divulgar no seu site todos os autos de interrogatório onde se podem ler as descrições feitas pelos rapazes alegadamente abusados e a forma como eles acusam todas estas personalidades.
"Neste momento estamos a fazer todo um trabalho de digitalização e ocultação dos nomes das alegadas vítimas."
"Sei que isso pode acontecer, mas não tenho medo. As pessoas têm o direito de saber a monstruosidade que me fizeram. Nesta fase não há segredo que justifique o claro interesse público que é a divulgação de tudo o que foi feito para me incriminar a mim e aos outros arguidos. Prova disso é que o meu site já foi visitado por mais de 10% da população portuguesa que tem acesso à Internet. Eu não tenho nada a esconder. Se o Ministério Público tem, esse é um problema que não é meu."
Um dos nomes que Carlos Cruz irá divulgar é o de um ex-líder do PSD, que é acusado nos autos de ter abusado de um menor e presenciado actos de pedofilia numa casa em Lisboa. O antigo presidente laranja foi acusado, a 8 de Abril de 2003, por uma professora, residente na Margem Sul do Tejo. Segundo a denúncia da docente, ela foi levada à referida casa pelo pai, e lá estaria o político que assistiu, nas palavras da mulher, a abusos de menores, tendo ele próprio abusado de um. A procuradora Paula Soares, uma das titulares do inquérito (juntamente com o procurador João Guerra e a procuradora Cristina Faleiro), foi quem recolheu este depoimento, que, mais tarde, mandou simplesmente apensar ao inquérito principal. A mesma mulher acusou ainda um ex-ministro do PSD de ter abusado de menores (de ambos os sexos) numa casa localizada no Estoril. Todas estas descrições estarão online no site de Carlos Cruz.
A procuradora Paula Soares considerou que os factos denunciados eram muito antigos e não estavam relacionados com nenhum dos arguidos, suspeitos ou ofendidos do inquérito da rede de pedofilia, pelo que não ordenou qualquer diligência investigatória, nomeadamente que se procedesse ao interrogatório do pai da suposta vítima a fim de se apurar que casa era aquela e quem era o seu proprietário.
Muitos dos testemunhos e denúncias recolhidos pela equipa de investigadores que trabalharam na fase de inquérito foram desvalorizados, apesar de alguns deles terem testemunhado em tribunal contra arguidos que foram a julgamento, como Ferreira Diniz, Jorge Ritto e Carlos Cruz.
Uma das testemunhas que acusaram estes três arguidos (que durante o processo ficou conhecido por "João A.", nome fictício) denunciou à PJ outros alegados abusadores, um ex-líder do PS e outras destacadas figuras socialistas, bem como os dois internacionais portugueses de futebol. "João A." indicou uma casa em Cascais, no Bairro do Rosário, onde terá sido abusado e filmado em práticas sexuais por estas pessoas, bem como pelo embaixador Jorge Ritto. Também os autos com estes episódios estarão disponíveis no site de Carlos Cruz.
Uma outra vítima, que acusa todos os arguidos de abusos na casa de Elvas, acusou, em inquérito, um homem que trabalharia para Carlos Cruz. As vítimas que terão sido abusadas em Elvas referiram também à PJ abusos praticados por outras pessoas: funcionários da Casa Pia, colegas mais velhos e um antigo provedor da instituição, que nunca foi interrogado pelas autoridades.
Outros jovens denunciaram como alegados abusadores de menores dois conhecidos actores de teatro e televisão e vários políticos ligados à direita. Nos relatos, que Cruz irá divulgar, é dito por estas vítimas que todas estas pessoas eram frequentadoras assíduas do Parque Eduardo VII, onde arranjariam os menores de quem abusavam.
Quem também contribui para engrossar a lista de nomes de suspeitos de pedofilia foi uma jornalista ligada à origem do processo. A repórter foi ouvida pelas autoridades a 16 de Janeiro de 2003, duas semanas antes da detenção de Carlos Cruz, Hugo Marçal e Ferreira Diniz, e revelou que tinha denúncias contra dois cozinheiros da Casa Pia, Jorge Ritto, Carlos Cruz e uma outra relevante figura da televisão. A jornalista entregou um papel que lhe terá sido dado por uma antiga secretária de Estado, em que aquela denunciava advogados, embaixadores, outras figuras públicas e Carlos Cruz.
Uma familiar de Carlos Silvino também escreveu uma carta à procuradora Paula Soares, que consta do processo que Carlos Cruz irá divulgar, em que denuncia alguns políticos já referidos por outras testemunhas, e acrescenta outros nomes. Nenhum deles investigado.

 



publicado por blogoval às 14:16
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 4 de Setembro de 2010
Carlos Cruz e o monstro


publicado por blogoval às 10:22
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010
Caso «Casa Pia»... o fim do principio....

 

Aqui via Expresso actualização do Dossier «Casa Pia»

 

 

Sempre esperei deste processo algo irrealizável

Que os culpados fossem julgados, presos, condenados.

Que as vitimas fossem ajudadas, indemnizadas, e ressarcidas dos danos morais e patrimoniais.

Que a justiça, fosse posta à prova e que dela saísse da forma que sempre se espera… de bem com a verdade, cega, surda e a cortar a direito.

Que a instituição do Estado – a Casa Pia – fosse também ela reformulada nos seus princípios básicos – cuidar, proteger e dar uma nova vida a quem dela precisa.

Passados 8 anos, desde aquela famosa bomba lançada pela jornalista Felícia cabrita, hoje aconteceu o julgamento. Julgamento esse, que antes de ser, já tinha recursos previstos de uns e de outros.

Mas fica a sensação amarga do vazio.

Os condenados bramem provas de inocência e dos erros monstruosos em termos dos factos apurados e das circunstâncias que levaram à condenação.

Cria-se a ideia de que tudo isto é um novelo, criado e montado à volta de uma ideia – a de que é necessário julgar alguém, acima do estatuto do português médio, para aparentar justiça à coisa chamada «Casa Pia».

A quente, está para sair um livro (de Hugo Marçal), o processo publicado no site de Carlos Cruz, reacções dos restantes condenados com ameaças de colocar a «boca no trombone».

A «Capa Pia» vai continuar… muitos dos condenados irão morrer antes do processo, morrer ele sim ou da verdade apurada ou de cansaço…

 



publicado por blogoval às 19:24
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 28 de Agosto de 2010
Carlos Cruz... isto sim é uma bomba...

 

"existem nomes no processo que não são do PS e que nunca foram investigados"

"a prisão de Carlos Silvino (Bibi) desencadeou todo o processo e "assustou muita gente", nomeadamente "pessoas proeminentes da sociedade portuguesa, em vários quadrantes seriam, serão, terão sido clientes, abusadores de alunos da Casa Pia".

"Há outros nomes referidos no processo, que não são do PS, que nunca foram ouvidos ou investigados. Isso vai aparecer muito em breve no meu site, esses nomes vão aparecer".

"Há denúncias feitas pela Drª Teresa Costa Macedo, de nomes que estão aí, que são pessoas importantes na nossa sociedade. Nunca foram ouvidas, nunca foram investigadas".

 

"últimos sete anos não quis influenciar a opinião pública. "A partir do momento em que a cheguei à conclusão que a decisão do tribunal está tomada pensei: Posso aparecer publicamente".

 

Site Carlos Cruz «Provas da Verdade»



publicado por blogoval às 10:32
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 12 de Junho de 2010
Carlos Cruz grita por justiça

Via Provas da Verdade - www.processocarloscruz.com

«...Há mais de sete anos fui "metido" de forma absurda, inexplicável, mentirosa e perversa, no chamado Processo Casa Pia...»

 

Existe um homem em Portugal, à beira de conhecer a sentença judicial de um processo.

Este homem, Carlos Cruz, que invariavelmente nos entrava em casa através da televisão, clama por justiça.

Cada pessoa tem direito à justiça, certa como o corte da espada e segura como quem ajuíza segundo o propósito da lei.

Nos últimos tempos a comunicação social parece que tem criado uma espécie de almofada para o que aí vem. Temo muito que os meandros do inexplicável parece que tem criado uma «almofada» para amortecer a leitura da sentença.

Neste país, que vive de telenovelas ou de casos transformados em telenovelas, ficamos sempre com a impressão que algo é nebuloso, mal explicado, com terceiras intenções, pouco credível ou pouco científico. Acho que o 2 + 2 = a 4, pode ser sempre 2 + 2 = a 22. O preto e o branco não existe. O cinzento é a verdadeira linha ténue entre o ser e o não ser.

Este processo «Casa Pia» é desde logo à partida um elefante branco. Tinha que acabar um dia, porque se pudesse haveria de perdurar para além dos tempos que virão.

De tudo o que se disse na comunicação social, é que os «trutas» estão sempre a salvo. Também muito foi referido sobre os «bodes expiatórios». Estes, como é óbvio, pagarão e já estão a pagar o preço do estatuto.

No meio disto tudo, acho que os verdadeiros culpados devem ser severamente e proporcionalmente condenados.

Gostaria que os inocentes fossem inequivocamente ilibados e ressarcidos de alguma forma, já que foram em praça pública linchados e condenados no «tribunal da opinião pública» como «culpados até prova em contrário».

Depois existem as vitimas, estas devem ser ajudas de todas as formas possíveis e admissíveis, até porque, muita gente não fez o seu papel, e desde logo a começar pelo Estado.

E para fechar, uma palavra para o homem que grita neste momento por justiça. Desconfio que terríveis serão os tempos que virão. Se do passado carregamos a memória do sofrimento, se no presente caminhamos em cima de cada passo, o vislumbre do futuro pode ser penoso.    



publicado por blogoval às 19:10
link do post | comentar | ver comentários (118) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
30
31


posts recentes

Acordem o Acórdão

«Casa Pia»... esta promes...

Carlos Cruz e o monstro

Caso «Casa Pia»... o fim ...

Carlos Cruz... isto sim é...

Carlos Cruz grita por jus...

arquivos

Janeiro 2015

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Abril 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

tags

josé saramago(93)

outros cadernos de saramago(81)

benfica(61)

mundial de futebol(22)

carlos queiroz(9)

cavaco silva(9)

josé sócrates(9)

manuel joão vieira(9)

selecção nacional(9)

liga2010/11(8)

estrela da amadora(7)

futebol(7)

jorge jesus(7)

josé mourinho(7)

tsf(7)

500 metal(6)

carlos cruz(6)

casa pia(6)

champions league(6)

heavy metal(6)

saramago(5)

25abril(4)

antónio feio(4)

crise(4)

henricartoon(4)

manowar(4)

pedro passos coelho(4)

portugal(4)

sporting(4)

balas e bolinhos(3)

carl sagan(3)

casamento gay(3)

cosmos(3)

inter de milão(3)

luis freitas lobo(3)

papa(3)

pedro abrunhosa(3)

politica(3)

psd(3)

roberto(3)

socrates(3)

agostinho da silva(2)

apito dourado(2)

arrábida(2)

atletismo(2)

baltasar garzón(2)

campeões(2)

cuba(2)

educação(2)

elefante(2)

emperor(2)

enapá2000(2)

festa do avante(2)

fpf(2)

frança(2)

governo(2)

iraque(2)

iron maiden(2)

israel(2)

metallica(2)

passos coelho(2)

playboy(2)

portagens(2)

porto(2)

ps(2)

pt(2)

real madrid(2)

ricardo rodrigues(2)

sócrates(2)

tgv(2)

troika(2)

zeca afonso(2)

1.º maio(1)

100 anos(1)

11/9(1)

2010(1)

86 anos(1)

abril(1)

acidentes(1)

aeroportos(1)

agências de rating(1)

aimar(1)

alentejo(1)

álvaro cunhal(1)

ambiente(1)

aminatou haidar(1)

animação(1)

ano morte ricardo reis(1)

antena1(1)

avante(1)

barack obama(1)

bento xvi(1)

bertolt brecht(1)

bes(1)

biblioteca nacional(1)

blind guardian(1)

blog(1)

bnp(1)

bp(1)

braga(1)

todas as tags

links
«Viagem a Portugal» - José Saramago

Ver Viagem a Portugal - José Saramago num mapa maior
Counter
blogs SAPO
subscrever feeds